Make your own free website on Tripod.com

Ilha da Gipóia, a Aventura


(SA-029) (DIB-071)


PU1MPR, PY1KS, PY1KB

Olá pessoal, aqui tentarei resumir um pouco do que foi a nossa aventura.

Dia 29/07/99 às 10:30z, estamos todos preparados para partir Conferimos tudo que era necessário e não faltava nada, o tempo estava nublado e parecia que ía chover, mas isso não era problema, eu tive que viajar na caçamba da caminhonete, mas a empolgação era total, então vamos nessa.
Chegando a cidade de Angra do Reis, fomos comprar nossa alimentação e procurar algum barqueiro que nos levasse até a Ilha. Tudo resolvido, Barco agendado para às 17:00z.
Chega o Barco e conseguimos um lugar bem estreito para embarcamos os s equipamento. O barco é lento, e levaríamos cerca de 50min. para chegarmos até o local. Chegamos às 19:50z, e tivemos que pular na água para retirar todo os equipamentos, 1º pulou o Marco (PY1KB), para segurar o barco, depois eu para tirar os equipamentos. Conseguimos tirar todo o Equipamento às 20:40z, foi quando nosso outro companheiro Marcio (PU1MPR) começou a montar as barracas enquanto eu e Marco(PY1KB) montávamos a Antena vertical, pois já estava escurecendo e não tínhamos muito tempo.
Tudo montado já eram 23:30z, ligamos o gerador e começamos a testar o S.W.R. da antena, que não estava muito bom, mas o antena turner estava por perto para nos ajudar. Começamos a chamar CQ em 20m e nada, fomos até 40m e uma estação do Paraguay nos atendeu com S 59+20, mas o gerador parou de funcionar, então colocamos gasolina novamente e vimos que não iria durar muito tempo. Então fui para os 15m e comecei a chamar CQ e logo veio o W3EE, a partir daí começaram a aparecer várias estações americanas, foi quando percebemos que seria impossível falar com a Europa, pois só tinhamos saída para o NW até S.

Dia 30/07/99 depois do pequeno pile up resolvemos economizar a gasolina, pois não daria para ficarmos 24h no ar, A noite estava limpa e estrelada o dia seguinte prometia.....
Pela manhã às 10:00z acordei todos, pois estava na hora de começarmos a levantar as outras antenas.
Marcio (PU1MPR) preparava o Café enquanto eu e Marco (PY1KB) continuávamos com as antenas, levantamos uma BW, uma dipolo para 20m e melhoramos nossa vertical de 10 a 80m, O S.W.R. estava excelente, então começamos com um novo CQ, mas só estações da América do Sul nos ouvia, então vimos que seria quase impossível trabalhar a Europa. Entramos em contato com o nosso último operador que seria o PY1MF, pedimos a ele que trouxesse mais gasolina e uma direcional, mais até o Fim daquele Lindo dia ele não chegou, resolvemos continuar a tentar, já que tínhamos excelentes condições para os U.S.A., foi quando o PY1MF nos telefonou dizendo que chegaria no Sábado com a gasolina e a antena., então eu e PY1KB resolvemos usar a gasolina que tinhamos.
O Marco (PY1KB) começou a chamar CQ em 14260 e apareceram várias estações dos U.S.A. e para nossa surpresa alguns ZL's, logo depois veio o 1º sopro de vento, era o sinal que algo ia acontecer..
Começam os ventos fortes, a barraca voa, os equipamento ficam expostos e nós começamos a leva-los para uma pequena cobertura para uso de pescadores locais. O vento para e então resolvemos ir dormir, mas nada melhor que ser acordado por uma tempestade com chuva e vento, rasgando barracas e quebrando as antennas, aqui a foto de nossa vertical quebrada e a BW no chão.

Dia 31/07/99, resolvemos então atravessar para o outro lado da Ilha, já que encontramos eletricidade, só que tinhamos que subir uma trilha no meio da floresta, cerca de 500m de subida.
Levamos cerca de 5 horas para fazer a travessia com todo os equipamentos nas costas (HAJA DISPOSIÇÃO).
Já do outro lado da Ilha resolvemos montar a antena de 20m (dipolo), então a Europa era nossa, propagação aberta, energia elétrica e sem um obstáculo, vamos nessa......
Mas alegria de pobre dura pouco, vem outro vento e lá se vai a antena de novo, mais 3 horas fora do ar, logo agora que estava indo tudo bem. Tentamos consertar a vertical pois a bobina tinha partido e a BW que havia arrebentado. Fizemos o possível, mas só chegavamos em alguns países, quem tinha boas condições chegava até nós. Quando não se conseguia mais fazer contatos, eu e Marcio (PU1MPR) resolvemos montar as antenas durante toda a noite, mas só conseguiamos fazer QSO's com o Brasil e alguns países da América do Sul.

Dia 01/08/99, o último dia, tentamos fazer contatos em 20m, quando encontramos o Pedro (PP5SZ) que através de sua mensagem de apoio, nos deu motivação e confiança e fez com que nós não achassemos que fosse um fracasso, pois nós tinhamos feito todo o possível. Fomos para 10m na Brazil DX NET, mas não foi suficiente, nossas antenas estavam realmente avariadas, então resolvemos guardar tudo e aproveitar a carona que ganhamos na Lancha, de um morador da Ilha.Tiramos algumas fotos, na viagem e voltamos para casa meio tristes, mas esperançosos de um dia voltarmos em condições melhores.

Prejuízos da expedição:

Automatic Antenna Tuner (Queimado)
Vertical Antenna (Quebrado)
BW Antenna (Arrebentada)
MFJ Combo CW keyer (Esmagado)
VHF TM-241A (Queimado)
Fonte (Queimada)

Agradecimentos:

PP5SZ - Pedro pelo apoio e pelas dicas dadas.
PY1HM - Hélio, por nos ajudar a consertar o gerador, que levamos para a Ilha.
PY1AA - Labre-RJ por ter nos emprestado o Gerador.
PT7BI - Daniel Pelo esforço em tentar ajudar-nos na Brasil DXNET.
N6RT - Doug Por colocar nosso humilde LOG na internet.
425DXNews Pela divulgação em seu boletim semanal.
OPDX Também pela divulgação em seu boletim semanal.
E a todos que diretamente ou indiretamente nos ajudaram, aqui vai o nosso forte 73.....

PS: Aguardem a próxima, pois eu prometo, será muito melhor e quem sabe mais um novo DIB!!!!


Veja aqui se vc está no nosso humilde LOG.

Voce é o visitante Nº



Voltar